Você está aqui:  Dia Mundial da Água ::..
Destaques Minimize
   
  
   
 
Legislação Anual Minimize
   
 Print   
   
 
Legislação - Área Minimize
   
  
   
 
Dia Mundial da Água - 22 de Março Minimize
 

 

Hoje é o Dia Mundial da Água!
 
 
O Dia Mundial da Água foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) no dia 22 de Março de 1992, dia em que divulgou a “Declaração Universal dos Direitos da Água”.
Este texto apresenta uma série de medidas, sugestões e informações que servem para despertar a consciência ecológica de todos.
Decorridos 20 anos, esta declaração continua a merecer uma profunda reflexão e divulgação por todos os amigos e defensores do Planeta Terra.

  

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS DA ÁGUA
 
 
Art.1.º A água faz parte do património do planeta. Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade e cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos.
Art.2.º A água é a seiva do nosso planeta. Ela é condição essencial de vida de todo o Ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito à água é um dos direitos fundamentais do Ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado no Art.3.º da Declaração dos Direitos do Homem.
Art.3.º Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e parcimónia.
Art.4.º O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e dos seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende, em particular, da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam.
Art.5.º A água não é somente uma herança dos nossos antepassados; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores. A sua protecção constitui uma necessidade vital, assim como, uma obrigação moral do homem para com as gerações presentes e futuras.
Art.6.º A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor económico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode, muito bem, escassear em qualquer região do mundo.
Art.7.º A água não deve ser desperdiçada, poluída ou envenenada. De maneira geral, a sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas actualmente disponíveis.
Art.8.º A utilização da água implica o respeito pela lei. A sua protecção constitui uma obrigação jurídica para qualquer homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo homem nem pelo Estado.
Art.9.º A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua protecção e as necessidades de ordem económica, sanitária e social.
Art.10.ºO planeamento da gestão da água deve ter em conta a solidariedade e o consenso, face à sua distribuição desigual sobre a Terra.
 
 
Junho 2012 

A Comissão Europeia acaba de lançar um clipe de grande difusão como parte integrante da campanha “Generation Awake” com a finalidade de sensibilizar os consumidores para os perigos de padrões insustentáveis de consumo. O clipe tem como personagem o Tó Louco por Água, um balde neurótico que aborda o tema da utilização excessiva de água. O clipe remete para o sítio Web http://www.generationawake.eu/, um sítio multilingue cujo objetivo é fazer com que os cidadãos reflitam sobre os seus hábitos de consumo, e ajudá-los a alterarem o seu comportamento, a fim de viverem de forma mais sustentável.

O vídeo é acessível através do link:
http://europa.eu/rapid/pressReleasesAction.do?reference=IP/12/497&format=HTML&aged=0&language=PT&guiLanguage=fr

Serão igualmente lançadas, este ano, várias outras atividades como parte da campanha, nomeadamente uma nova secção no sítio Web que se debruçada sobre a pegada na água de bens tais como as calças de ganga, os hambúrgueres ou a cerveja. Será lançado em setembro de 2012 um curso de vídeo aberto ao público em geral, e serão organizados, no princípio do outono, em Itália, nos Países Baixos, na Roménia e em Espanha eventos ao vivo para inspirar as pessoas e promover a mudança de comportamentos.

Generation Awake é a campanha da Comissão Europeia sobre a eficiência dos recursos. O objetivo é sensibilizar para as consequências ambientais, económicas, sociais e pessoais de uma utilização insustentável dos recursos, e desencadear alterações dos padrões de consumo e nos comportamentos. Fundamentalmente, o objetivo é ajudar os cidadãos a desenvolver, no seu dia-a-dia, uma cultura de consumo responsável. Desde o seu lançamento em outubro de 2011, o sítio Web está disponível nas 23 línguas da União Europeia e foi alvo de mais de 200 mil visitas.

Fonte: http://www.consumidor.pt/

 
 
 
 
 
Alguns conselhos do SDC para poupar água:
 
 
Por dia gastam-se litros e litros de água: 10 litros numa descarga de autoclismo, 80 litros num banho rápido, 100 litros numa lavagem de roupa na máquina e 50 litros numa lavagem de louça na máquina.
 
Aqui ficam alguns conselhos para poupar água:
 
1.   Tente regular o autoclismo. Se não consegue baixar a bóia, pode colocar um objecto que não flutue no depósito;
2.   Verifique se há perda de água no autoclismo. Coloque umas gotas com cor no depósito e, se vir água corada na sanita sem ninguém ter puxado o autoclismo, é porque existe uma fuga;
3.   Instale um compressor redutor de caudal nas torneiras e poderá reduzir o consumo em 50%;
4.   Não deixe correr a água enquanto lava os dentes ou faz a barba;
5.   Quando se está a lavar, feche a torneira enquanto se ensaboa;
6.   Prefira o duche ao banho de imersão;
7.   Verifique as torneiras e repare as fugas de água;
8.   Só utilize a máquina de lavar louça ou roupa quando estiverem cheias;
9.   Evite lavar a loiça com água corrente - encha o lava-loiça;
10.        Regue das suas plantas de manhã ou ao cair da noite. Nessa altura, a evaporação de água causada pelo Sol é menor, pelo que poupará;
11.        Antes de lavar a loiça mais suja, limpe-a com papel e, se necessário, deixe-a "de molho";
12.        Regue as plantas da casa com a água recuperada da chuva ou com a que sobra na panela depois de alguém ferver ou aquecer vegetais.
 
Seja amigo do Planeta! Seja seu amigo e amigo de todos nós!
 

 

 
 
 Print   
   
 
Onda Rosa Minimize
   
 Print   
   
 
Campanhas / Projectos Minimize
   
 Print   
   
 
Protocolos Minimize
   
 Print